terça-feira, 6 de setembro de 2005

Retomando a Jornada

Bom, como ninguém "já" sabe, o Tempo, Pai de todas as Deteriorações, destruiu minha primeira certeza de dominação Global, nem que esse globo fosse correspondente somente a minhas particularidades: Minha querida e inefável Dialética Helicoidal Sistêmica. Coube a ela apenas uma função estética em meus textos, influenciando meu raciocínio e outros delírios...

Mas, não se pode desistir... O que a antiga tinha de absoluta certeza, minhas novas divagações tem de absoluta indeterminação, o que, no fundo, é a mesma coisa! As espirais (digo, helicóides) se dissolveram em um coacervado de idéias disformes, sem respeitar limites epistemológicos ou coisa que o vallha.

Darei início as minha singelas Efemérides (EPA!!!), e quem sabe se possa assim chegar a uma conclusão que, de tão errada, possa se firmar nesse manto de incongruências que é o mundo humano?

Nenhum comentário: