quarta-feira, 2 de junho de 2010

Sobre teorias do tudo

Não vim ao mundo para compreender de onde vim, para onde vou e o que sou.

Creio que aqui estamos para fazer algo e, qualquer que ele seja, espero somente que seja feito direito, com toda a implicação e dedicação possível.

Quanto ao tudo, tenho fome de esceculá-lo, agarrá-lo com minhas forças, só para me sentir totipotente... Bom, se cheguei a algo... sim, o mundo é isso, um mistério autocontido, como uma luz de lanterna que ilumina somente alguns pontos e deixa o resto no escuro... se isso é a realidade não sei, mas é assim como eu encaro as coisas.

Sobre os pseudos teóricos, creio que precisam ler mais, focar mais, em vez de dizer no calor o ue imaginam.

até

Nenhum comentário: